Alice - Uma Voz nas Pedras · Lunna Guedes · Mariana Gouveia · Scenarium Livros Artesanais

Um livro escrito por uma mulher na sua prateleira

Confesso que olhando minha estante me deparei praticamente somente com livros escritos por mulheres, com quatro exceções apenas. E juro que não foi proposital.

Os livros que vou adquirindo/ganhando/emprestando ao longo dos dias por coincidência, são a maioria escrito por mulheres. Foi uma grata surpresa!

Entre eles, Alice, uma voz nas pedras, de Lunna Guedes. A escrita de Lunna me encanta desde o blog Catarina voltou a escrever e me abraçou por inteiro em Lua de Papel I, II e III. Sou apaixonada pela história de Alexandra e Raissa e seus personagens encantadores.

Lunna me iluminou em sua Lua de Papel e me verteu de cores em Vermelho por Dentro. Nos Meus Naufrágios delirei… mas Alice, Uma Voz nas Pedras me deixou sem cor e cheguei a me perguntar: o que você está fazendo aí, que não faz nada para mudar as histórias que você conhece?
Captei os sentimentos e não me sai da cabeça a mulher que vive uma relação abusiva e ainda se acha culpada de tudo. Alguém aí se identifica?

Lunna nos leva por caminhos que são tão conhecidos, tão reais que chega a doer e emocionar. Já li o livro três vezes, em situações diferentes e confesso que me dói a alma ver Alice em tantos rostos conhecidos. Se você se pergunta aí qual é o seu lugar no mundo, acho que está na hora de ler Alice, uma voz nas pedras.

Mariana Gouveia
Esse post faz parte da Maratona Literária do grupo Interative-se.
Participam desse projeto
Lunna Guedes, Obdúlio Ortega, Roseli Pedroso, Ale Helga, Isabelle Brum

7 comentários em “Um livro escrito por uma mulher na sua prateleira

  1. Obrigada pelo repto . A literatura feminina portuguesa ainda é terrivelmente marcada pela ditadura . Ainda hoje ,não é fácil lê-las. Aguardo com impaciência o livro da Lídia Jorge .Li o primeiro “A costa dos murmúrios” cujo tema era precisamente a guerra colonial -foi me oferecido pelos alunos do 12º ano ,convencidos que eu me irritava -tinha acabado de chegar de MOÇAMBIQUE . Uma crítica às mulheres dos militares naquela guerra que mutilou almas e corpos. Apesar de as escritoras portuguesas escreverem e muito ,continuo a esquivar-me à leitura . Contudo aprecio solenemete Maria Judite de Carvalho (1921–1998) se destacou no panorama da literatura portuguesa contemporânea pela sua vasta obra, inovadora e crua. Casada com o escritor Urbano Tavares Rodrigues, conheceu o exílio entre 1949 e 1955, tendo vivido entre a França e a Bélgica. A sua linguagem depurada e “limpa”, abordando temas como a angústia e a solidão, foi certamente muito influenciada pelo existencialismo, que conheceu de perto enquanto viveu fora de Portugal. *Paisagem sem Barcos *(1963) e *Armários Vazios *(1966) representam o que de melhor nos trouxe a literatura feminina, obras cuja linguagem era reduzida ao essencial e depuradas, como não existiam no seu tempo.Aprecio os seus contos com particular apreço por :”Tanta gente Mariana”livro de contos -genial . Agustina Bessa luís ,uma escritora priveligiada pelos temas muito ligados aos hábitos e costumes das gentes do povo -deixou um manancial de obras sendo a “SIBILA” leitura obriigatória no 12ºAno .Gostei imenso do VALE ABRÃO inspirado no romance de MAURIAC “THERESE DE DESQUEYROUX. Como vê Amiga ,somos diferentes,mas iguais na leitura fascinante de livros-Maria

    Curtido por 2 pessoas

    1. Tenho lido muito as autoras portuguesas e sei das dificuldades que elas enfrentam em um mercado tão machista e sexista, Maria. Não é diferente no Brasil. A gente tenta matar um leão por dia.
      Mas, o mais importante é que começamos e não vamos parar.
      De Lídia Jorge, conheço pouco, daqui da net mesmo e gosto imenso desse poema:
      “Meus amigos sou de vidro
      Sou de vidro escurecido
      Encubro a luz que me habita
      Não por ser feia ou bonita
      Mas por ter assim nascido
      Sou de vidro escurecido
      Mas por ter assim nascido
      Não me atinjam não me toquem
      Meus amigos sou de vidro…”

      Abraço e bom fim de semana!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.