b.e.d.a – Desafios diários

As horas não passam no sentido das coisas. Ela anota meus desafios diários.
A cortina não combina com meu estado de espírito. Permanece fechada e isso foi ontem.
Hoje, eu falo calada. Eu olho o relógio. Ela olha o relógio… Anota! Deve ser essa pressa de ir embora que me move.
– Pra onde?
– Do nada para lugar nenhum.
Eu tive de desenhar um mapa.
Falando em mapa… tive de fazer o mapa astral dela. Falei de horóscopo. Ela riu.
Ela tinha síndrome de fuga.
Diagnóstico conhecido e exemplificado em palavras confusas, que eu precisaria de um dicionário para entender.
– Não quero fugir. Nunca quis. Falei entre um sussurro que acho que só eu ouvi.
Ela anotou.
O relógio na parede.
O tic-tac só não era maior que meu suspiro.
O tempo mudou de repente.
Não quis dizer que não acredito em meteorologia. Seria considerado fuga do tempo, e ele, pra mim, seria como diz a música:
um dos deuses mais lindos.
E ela disparou a falar de canções.
Dancei.

Mariana Gouveia Cadeados Abertos – Diário das Quatro estações
Scenarium plural Editora

*b.e.d.a — blog every day april — um desafio que surgiu para agitar os dias de abril e agosto nos blogues e comemorar o Blog Day.

2 comentários em “b.e.d.a – Desafios diários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.